• IMPOSTO DE RENDA

    DISPONÍVEL COMPROVANTE DE PAGAMENTO PARA DECLARAÇÃO DO IRPF 2019

    Maiores informações clique aqui

  • Senhores Aposentados/Pensionistas

    Não se esqueça de que no mês do seu aniversário é OBRIGATÓRIO que seja feito seu recadastramento

    Acesse

  • Holerites Online

    Segurado, acesse seu comprovante de pagamento

    Acesse

  • Pagamento de Benefícios

    Referente a 04/2019

    DIA: 30/04/2019 - Terça-Feira

AGENDA

Calendário de Pagamentos dos benefícios

Abril de 2019

30

Ter

Pagamento de Benefícios

Referente a 04/2019

Outros Períodos

Notícias

Acompanhe os destaques

Administração Transparente

Tenha acesso em tempo real a todos os atos desta administração.

Contratos e Editamentos

  • Acessar
  • Dúvidas Frequentes

    Acesse abaixo as principais dúvidas sobre os benefícios do IMP, sua organização e normas

    O IMP é o responsável pela concessão e manutenção de benefícios previdenciários definidos em lei, pagos aos servidores públicos municipais e seus dependentes. Atualmente a Lei Municipal nº. 4.648, de 15 de abril de 2016 que disciplina a gestão de benefícios no município de São José do Rio Pardo , onde prevê o pagamento dos seguintes benefícios::

    Aposentadoria voluntária por Idade
    Aposentadoria voluntária por Idade e Tempo de Contribuição
    Aposentadoria Compulsória
    Aposentadoria por Invalidez
    Pensão por Morte

    O servidor que completa 35 anos de contribuição (homem) ou 30 anos (mulher) já tem direito ao Abono de Permanência?

    Não. O abono de permanência é a devolução, pelo ente empregador do servidor (Prefeitura, Câmara Municipal e Autarquias), da sua contribuição previdenciária (equivalente a 11% da base de contribuição), e é garantido aos servidores que cumprem os requisitos para se aposentar por tempo de contribuição e decidem continuar trabalhando. Portanto, para ter direito ao abono de permanência, é necessário que o servidor tenha cumprido também todos os demais requisitos e critérios necessários para a aposentadoria por tempo de contribuição (tempo de contribuição, idade, tempo de serviço público e tempo no cargo), de acordo com os critérios da legislação em vigor. Atualmente somente tem direito nos casos de cumprimento do artigo 40, III, “a” da CF ou de cumprimento do artigo 2º da EC n.º 41/03..

    O Abono de Permanência é concedido automaticamente quando eu completar o tempo para aposentadoria?

    Não. O servidor deverá protocolar junto ao IMP um pedido de análise de Contagem de Tempo de Contribuição. Confirmando-se que o servidor implementou os requisitos para aposentadoria por tempo de contribuição o IMP tomará todas providências junto ao órgão empregador. É importante esclarecer que o abono de permanência só é possível nas hipóteses de cumprimento dos requisitos de aposentadoria previstos no artigo 40, III, “a” da CF ou no artigo 2º da EC nº 41/03.

    Se eu solicitar o abono de permanência não vou mais contribuir à previdência? Isso não vai influenciar no cálculo do meu tempo de contribuição para efeito de aposentadoria?

    O abono de permanência é um benefício concedido ao servidor que cumpre os requisitos para aposentadoria, mas opta por permanecer em atividade. Com o abono de permanência o servidor não deixa de contribuir ao IMP. A contribuição continua existindo, mas o servidor passa a receber de seu órgão empregador o mesmo valor, a título de abono. Então não há interferência no cálculo do tempo de contribuição, caso o servidor tenha a possibilidade de cumprir outros requisitos de tempo e idade para se enquadrar em regras de aposentadoria que lhe sejam mais vantajosas.

    O Município que possui regime próprio de previdência garante ao servidor a concessão de aposentadoria de acordo com as regras previstas no artigo 40 da Constituição Federal, incluídas as mudanças postas pelas Emendas Constitucionais nºs 20, 41, 47 e 70. Isto significa que o servidor terá:

    Aposentadoria integral pela última remuneração:

    (para os servidores que ingressaram no serviço público antes de dezembro de 2003 e que preencham os requisitos das Emendas Constitucionais 41, 47 ou 70);

    Aposentadoria integral pela média das remunerações:

    (para todos os servidores que ingressaram no serviço público depois de dezembro de 2003 e para aqueles que mesmo ingressando antes desta data, optarem por este tipo de cálculo);

    Garantia de inexistência de teto limite para o valor do benefício tal qual ocorre no Regime Geral de Previdência;

    Garantia de inexistência do fator previdenciário para o cálculo dos benefícios;

    Paridade, que é a garantia de reajuste dos benefícios na mesma proporção e na mesma data, sempre que se modificar a remuneração dos servidores em atividade, sendo também estendidos quaisquer benefícios ou vantagens posteriormente concedidos aos servidores em atividade, inclusive quando decorrentes da transformação ou reclassificação do cargo ou função em que se deu a aposentadoria, na forma da lei

    Garantia de reajuste dos benefícios para preservar-lhes o valor real no mesmo percentual do Regime Geral de Previdência para os benefícios não abrangidos pela paridade


    Como requerer?

    Através de requerimento ao IMP, anexando os seguintes documentos:

    - Xerox do CPF e RG;
    - Xerox do CPF e RG do cônjuge (se houver);
    - Xerox da Certidão de Casamento ou Nascimento quando solteiro;
    - Xerox do PIS/PASEP;
    - Xerox de certidão de nascimento de filho menor que 18 anos;
    - Xerox do Comprovantes de endereço atualizado;
    - Original de Certidão de Tempo de Contribuição expedido pelo órgão previdenciário a qual o servidor era vinculado (se houver);

    Será concedida pensão por morte aos dependentes dos servidores ocupantes de cargo efetivo e dos aposentados

    São beneficiários na condição de dependentes do segurado:

    - O cônjuge, a companheira, o companheiro, filhos solteiros não emancipados, inclusive adotivos, menores de 18 (dezoito) anos de idade e filhos inválidos ou incapazes;
    - Os pais quando dependente economicamente;

    Como requerer?

    Através de requerimento ao IMP, anexando os seguintes documentos:

    - Xerox da Certidão de óbito;
    - Xerox do CPF e RG do servidor falecido;
    - Xerox da Certidão de Casamento ou Nascimento do servidor falecido, quando solteiro;
    - Xerox do PIS/PASEP do servidor falecido;
    - Xerox do CPF e RG do cônjuge (se houver);
    - Xerox de certidão de nascimento de filho menor que 18 anos;
    - Xerox do Comprovantes de endereço atualizado;

    DIRETORIA

    Caro(a) Servidor(a), conheça a diretoria do Instituto e entre em contato caso necessite

    Fabiano Boaro de Sousa
    Diretor Executivo / Diretor de Previdência
    ESTRUTURA ADMINISTRATIVA
    Marco Antonio Ferreira da Silva
    Chefe de Contabilidade
    ESTRUTURA ADMINISTRATIVA
    Ricardo Augusto Possebon
    Procurador Jurídico
    ESTRUTURA ADMINISTRATIVA
    Filipe Augusto Scaramelli
    Encarregado de Setor Previdenciário
    ESTRUTURA ADMINISTRATIVA
    Eduardo de Paula Marin
    Diretor Financeiro
    ESTRUTURA ADMINISTRATIVA

    Colaboradores e Conselheiros


    LINKS

    Entidades Mantenedoras e Fiscalizadoras

    Canais de Atendimento

    Para sua melhor comodidade, utilize dos diversos meio de comunicação abaixo:

    Nosso Endereço

    RUA TARQUINIO COBRA OLYNTHO, 69 - Vila Pereira - CEP: 13720-000 | São José do Rio Pardo-SP

    HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO

    Segunda a Quinta-feira: Das 08:00h às 18:00h
    Sexta-feira: Das 08:00h às 17:00h

    OUVIDORIA

    ouvidoria@impsaojosedoriopardo.com.br

    Telefones

    (19) 3608-1121

    (19) 3608-2312

    Fale conosco:

    Utilize o formulário abaixo para enviar uma mensagem para nós!